segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Sobre impulsos

"Onde queres o ato, eu sou o espírito
E onde queres ternura, eu sou tesão
Onde queres o livre, decassílabo
E onde buscas o anjo, sou mulher
Onde queres prazer, sou o que dói
E onde queres tortura, mansidão
Onde queres um lar, revolução
E onde queres bandido, sou herói

Ah, bruta flor do querer!
Ah, bruta flor, bruta flor..."
(O quereres -
Caetano Veloso)

[Le coup au cœur - René Magritte]


"Bem ou mal
Tudo se mistura
Tudo é natural
Prazer e tortura juntos"

(Bem ou mal -
Vânia Abreu)

De repente, você repara que está fazendo tudo exatamente do jeito errado. E não porque seja inocente ou incauta: pensou milhões de vezes sobre o que fazer, e não encontrou muitas respostas, mas acabou sabendo perfeitamente o que não devia ser feito.
E aí está você, ainda presa nessa velha história mal-resolvida, e cada dia mais fundo. Procurando corda pra se enforcar. Provocando situações e reações que, racionalmente, sabe que devem ser inibidas; minando relações que quer, a todo custo, preservar. E isso tudo pelo simples motivo de deixar acontecer, de ver até onde essa história chega - esperando ansiosa e inconsequentemente pelo clímax, mesmo sabendo que ele pode ser o final. Tudo por puro... instinto.

Pergunto-me até quando isso vai durar e onde é que vai parar, quando a resposta é uma só e aparentemente muito simples: quando eu quiser.

Como se fosse fácil assim.

2 comentários:

Anônimo disse...

Como se fosse fácil assim... nossa tudo que li, tudo nesse post, sou eu em suas palavras... realmente a resposta é APARENTEMENTE MUITO SIMPLES, complicado é querer... ou não querer mais... e esse tipo de coisa vai ganhando tanta força e tamanho... acaba consumindo todo o resto. pra mim ao menos.

Meg disse...

fiquei 30 longos minutos tentando descobrir que música seu post me lembrava, pra no final perceber q a música não tem nada a ver! "eu tava lá, querendo não querendo pular" - da rita lee hahaha

minhas reflexões sobre a vida: se fosse exatamente o jeito errado vc não faria. A gente só percebe q tava errado quando estragamos tudo e paramos pra refletir a respeito. mas nada foi estragado ainda... então alguma vantagem tem ;) e é justamente por isso q não é fácil assim. a vantagem ainda vale a pena. até vc decidir q não vale mais. :]

:*